sábado, 26 de fevereiro de 2011

Vegan Friendly Shoes

Estamos de volta, deste vez para vos mostrar que, aparentemente, calçar vegan pode parecer difícil mas, quando há força de vontade e verdadeiro interesse, tudo se consegue.
Para quem não conhece, o símbolo da pele é este:


Sempre que este símbolo esteja presente na etiqueta do produto ou num autocolante no seu interior, ou ainda na caixa, significa que o produto tem pele.


Queremos apresentar-vos a marca TUK. A maior parte dos seus produtos NÃO são vegan, como acontece com a esmagadora maioria das marcas de calçado. No entanto, sempre que encontrem a descrição « manmade materials » ou « vegan friendly » significa que, para a concepção do calçado em questão, não foram sacrificados animais. Para ficarem com uma ideia do tipo de calçado vegan que podem encontrar, o seguinte link encaminhar-vos-à para três páginas cheias de maravilhas sem pele :


Quanto a nós, aqui fica o que consideramos como TOP 5 :

13 comentários:

Martini Bianco disse...

Boneca de trapos, és vegan?

Conheço uma vegan que deixou de o ser, quando voltou para Portugal. Ela viveu 4 anos na Alemanha e ai existe um grande movimento vegan para além da maioria dos restaurantes venderem comida vegetariana. Mas aqui tudo mudou, os vegetais sao caros, nao existe oferta nos restaurantes e lá ela abdicou.

É mais um reflexo de um país que deixou de produzir para importar e importar caro, um país onde se despeja leite aos rios por terem atingido o limite de produção e não poderem vender, onde se deita peixe fora porque se atingiu o limite do permitido por Bruxelas e estes proibem de pescar. Obrigado União Europeia! (pra bons entendedores)

Boneca de Trapos disse...

não sou vegan martini, sou ovolactovegetariana, embora tente reduzir o consumo de ovos e de leite. Consumir vegetariano em portugal, especialmente quando se almoça todos os dias fora de casa, torna-se um desafio. imagina quando se tenta comer vegan. até no porto é muito difícil encontrar restaurantes vegetarianos. os que existem são caros ou ficam longe e a melhor opção continua a ser o Maus Hábitos que faz prato do dia vegetariano (que por vezes até é vegan) e que são 6€ (entrada, bebida, prato e cafe), o que é caro para ir lá todos os dias.

Mas no vestuário, acessórios e calçado, tenho a preocupação de não comprar nada que seja feito com peles.

Martini Bianco disse...

Desculpa a minha ignoraância mas o que é uma ovolactovegetariana? É alguém que não come ovos nem derivados de leite?
Na minha faculdade tb havia prato vegetariano, que nem era 100% vegetariano mas nao continha carnes de espécie alguma. Por vezes ia lá mas aquilo depois dá fome.
Quanto ao resto, de acordo. Contra as peles de animais usadas para os caprichos pessoais, ainda mais, vendidos a peso de outo para fomentar a matança de animais.

Boneca de Trapos disse...

vegetariano é normalmente utilizado como sinónimo de ovolactovegetariano. O ovolacto vegetarianismo é o contrário, é um regime, onde só não incluem os animais propriamente ditos. Ovos, leite e derivados, também o mel podem fazer parte desse regime. O veganismo recusa em absoluto matérias animais. Por isso, leite, derivados, ovos, mel, etc, os veganos não comem. Também não usam lã nem seda, além de não usarem peles.

óptimo! pelo menos em algum ponto estamos de acordo :p

Martini Bianco disse...

Há uns bons dias a esta parte tenho feito dieta ovolactovegetariana e acho q nao me tenho saido mal. Já so comia carne de frango, dai que vendo bem as coisas para mim nem seria algo muito dificil. Vou ver se consigo passar uns 4 ou 5 meses assim, pelo menos até ao final do verão para ver se existem beneficios de saúde ou se a ovo... é apenas um conceito de alimentação e pouco mais q isso...

Boneca de Trapos disse...

fico contente por tu próprio quereres fazer essa experiência e ficaria muito feliz se te tornasses vegetariano, independentemente dos motivos. Mas não sei porque pensas que não seria saudável. Apenas tens de fazer uma alimentação saudável e equilibrada. não podes esquecer a soja (inclui Tofu) e seitan. traz muitos benefícios e vais começar a senti-los gradualmente. também com o tempo vais perceber que a comida vegetariana "puxa cavalo" como as refeições omnívoras. é só outro preconceito. com o tempo vais habituar-te a sentir-te mais leve. e mais leve não significa mais fraco ;)
Lá em cima tens algumas receitas da minha autoria. são poucas mas são muito boas! (modéstia à parte)

o único problema em ser-se vegetariano é simplesmente social. essa é a parte mais difícil de ultrapassar!

Martini Bianco disse...

Para o meu almoço hoje imagina? Rissóis de espinafre e tofu.. :) Muito bom.

Não faço promessas mas preciso dessa tal leveza. Não custa tentar. Os meus problemas alimentares não são os doces que raramente provo mas os salgados, incluindo alguns de carne, é que vai ser dificil quebrar. Mas vou tentar :)

Boneca de Trapos disse...

a maior força de vontade traduz-se quando te mentalizas que não gostas daquelas coisas e começar a olhar com estranheza para esses alimentos. é verdadeiramente uma questão de hábito e deixar a carne pode muito bem ser comparado ao deixar de fumar. mas tens a vantagem de já não comeres muita carne normalmente.

Victória J. Esseker disse...

Adoro as botas de cima! São tão fixes!

Boneca de Trapos disse...

victóris: as de cima e os de baixo (que sao as creepers de que te falei) *.* hoje consegui finalmente que uma loja aqui do porto se propusesse fazer orçamento de ambas (as botas lá em cima e as creepers). vamos ver se é desta! :D

Onaicul Ortsac disse...

Deixa-me ver se entendi bem, o termo vegan-friendly indica que animais não foram sacrificados/abatidos, no entanto, ainda houve exploração, certo?!

Estou à procura de substitutos vegan da cera - vegan-friendly - Otter Wax para poder resinar calça jeans, pois essa contém cera de abelha e lanolina.

Onaicul Ortsac disse...

Deixa-me ver se entendi bem, o termo vegan-friendly indica que animais não foram sacrificados/abatidos, no entanto, ainda houve exploração, certo?!

Estou à procura de substitutos vegan da cera - vegan-friendly - Otter Wax para poder resinar calça jeans, pois essa contém cera de abelha e lanolina.

LUNA Karenine disse...

Não, o termo vegan-friendly significa que não houve qualquer tipo de exploração animal.

Em relação aos substitutos da cera, não conheço nenhum, não consigo ajudar nessa questão :s